“Corre, ele tá vindo!” (como lidar com um garçom alemão)

garçom

“Escolhe logo, vai, rápido, o garçom, corre!”. Minha prima olhava para mim com cara de medo como se falasse: “tem um ladrão vindo, corre!”. “Ele nunca mais vai voltar!”, ela falava, enquanto eu tentava entender um cardápio em alemão. A cara de desespero da Dani era a mesma de quem diz: “lá vem o arrastão.” Achei que ela estava tentando se adaptar demais à cidade e sofrendo de complexo de vira lata, mas outro dia, com uma amiga de São Paulo aqui, me vi invertendo os papéis: “o garçom, escolhe, corre!”. “Calma, Nina”. “Calma nada! Aqui é assim! Escolhe, corre!”.

Basicamente, o desespero de nós que moramos aqui com os turistas (vocês) lidando com os garçons é: aqui o garçom não fica parado do seu lado esperando você escolher. Nunca. Jamais. Você abre o cardápio, escolhe e fecha. Com o cardápio fechado, ele aparece. E nesse momento: “corre!” Você tem alguns minutos para escolher seu prato. Poucos. Se você tem alguma dúvida, pode perguntar. Mas nunca, jamais, fique conversando com o colega na mesa ignorando a presença do garçom. Se você fizer isso ele vai sair e não vai mais voltar por horas.

A mesma coisa na hora de pagar. Você não pede a conta e aí resolve como vai dividir! Você ou pede junto ou separado (em 99% dos lugares dá pra falar em inglês). Se pediu separado eles sabem direitinho o que cada um da mesa comeu, incrível. E eles param do seu lado com a carteira de troco, recebem o dinheiro e dão o troco na hora. Se você ficar procurando os trocados, ele vai ficar ali te olhando meio feio ou vai sair e demorar para voltar. Corre!!!!

Se eles vem que você é turista eles podem ter mais paciência. Ou o contrário. Uma vez em Berlim reclamei que um hambúrguer estava demorando. O que eu e Jô ouvimos? “Se você quer comida rápida, vá para um Mac Donalds!”. E nós fomos mesmo. Só de raiva.

Mas calma!!!!! Não deixe de vir para Berlim com medo dos garçons. Eles são inofensivos. E depois, com o tempo, passei a entendê-los e achar que estão meio certos. Pensem, eles não são seus mordomos! Então, não faz sentido que eles fiquem parados esperando você ter uma DR sobre pratos, certo? E Eu juro que com o tempo você acostuma. Mas no começo… “Corre, decide, o garçom!”

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s