Como se vestir para o inverno em Berlim e sobreviver!

Primeiro. Não pense que você vai vir a Berlim no inverno e arrasar no estilo. Você não vai. Provavelmente você vai parecer uma (o) mendiga (o) sem estilo, ao contrário de muitos homeless alemães. Isso porque a gente não tem “know how” de inverno. Sabe aqueles gringos que a gente olha na praia no verão do Rio, com bermuda, tênis com meia e perna branca? Pois nós, que viemos de um país tropical, somos eles no inverno.  Aceite.

E o inverno de Berlim não é qualquer inverno. Veja bem. Ele é O INVERNO. O vento que bate aqui vem da Sibéria (é verdade). Estamos a uma hora e meia da Polônia. O que significa isso? Bem, que tem dia que faz -10 com sensação térmica de -15. O inverno nem chegou ainda e ontem já fez -3 com sensação de -7. Domingo a previsão é de máxima de -1 com mínima de -4. Coloque ai o vento da Sibéria e a sensação vai ser de -10.

Como sobreviver a isso? Perguntei para vários amigos com experiência em inverno berlinense desde que aqui cheguei e posso dividir com vocês algumas dicas. Elas não são de moda. Elas são de sobrevivência.

10488102_10204404900415628_4610647481577114301_n

1-O casaco

Essa é uma questão seríssima e existem fóruns de estrangeiros só discutindo esse assunto! Juro!. Qual o casaco perfeito? Onde comprar? Como? Bem. Ele tem que ser water proof (a prova de água) porque vai chover e nevar. E tem que cobrir a bunda, que é uma parte que gela muito. E ter capuz (comprar casaco sem capuz é o mesmo que nada. Não faça isso.) Ah, mas você queria um casaco de pele falsa de zebra! Ok, você pode comprar. Mas você vai usar nos dias meio quentes. Tenho um de brechó preto desse estilo. Comprei quando não sabia de nada, inocente. E com ele passei muito frio.

As pessoas aqui não usam vários casacos, como no Brasil a gente usa vários biquínis. A regra é comprar um bom, caro, em uma loja especializada de inverno. Eles custam uns 400 euros. E como isso é muito dinheiro, você pode fazer como eu e comprar um da Uniqlo por 80. Só que ele não vai durar muito. O meu já tá meio detonado no segundo inverno. Alemão compra casaco para durar 20 anos. Mas como não sou alemã, no primeiro inverno aqui comprei dois: esse que cobre a bunda e um vermelho de ski (ele é ótimo! Mesmo! Está intacto depois de dois invernos). Mas como não cobre a bunda, bem, não uso muito porque a bunda gela.

Outra coisa muito importante. O casaco que esquenta de verdade tem que ser o com pluma (down) dentro. Eu sei, eu sou vegetariana e não devia usar isso. Mas é o que esquenta.

Cheque na etiqueta do casaco que mais parece um bula se: ele é waterproof e pelo menos com 80% de “down”.

2-Bota

Outra parte muito importante. Esqueça o estilo, esqueça simplesmente. O importante é que ela não escorregue e seja quente por dentro. E que não deixe entrar água, claro.

Por isso ela deve ter uma sola que grude no chão. Vai ser para andar na neve, lembra. E pior, tem dias que o chão fica congelado e você pode simplesmente deslizar como se estivesse de patins e se estabacar.

Aconteceu comigo: na primeira vez que saí de Berlim tirei a minha bota de neve branca (comprada em um brechó infantil) e coloquei a bota linda para viajar de volta para o Brasil. Tive que passar no banco para tirar dinheiro. Cai deitada em uma praça em Prenzlauerberg.. Não é exagero. Já me apavoraram muito com essa questão da bota. Se você escorregar e tiver -10, disseram, você pode morrer. Sim, porque se você se machuca e ficar muito tempo exposto ao frio, você pode ter um treco. Não conheço ninguém que tenha morrido. Mas enfim.

Atenção: não compre no Brasil que é mais caro. Aproveite para fazer umas compras em Berlim ou na cidade da Europa para onde você está indo porque os preços são melhores e a variadade também. Lembre. Aqui faz frio sempre. Todo ano. Desde que essa terra existe.

3-Calça

Dizem que tem que ser uma termal super tecnológica que você coloca por baixo da calça jeans. Eu não acredito muito nisso e também me recuso a pagar mais de 15 euros por uma calça que ninguém vai ver. Por isso, coloco em geral duas meias calças por baixo da calça jeans, ou sintética, ou o que for. Sim, eu saio com três calças.

4-A parte de cima

Não adianta só o casaco. Por baixo do casaco, você coloca, uma camiseta de manga comprida térmica (ou qualquer camiseta de manga comprida porque não faz assim aqueeeela diferença) e mais tudo o que você ver pela frente. Acho que uma termal, mais duas suéteres (uma normal e uma super grossa) funcionam.

E mais:

Cachecol gigante. Tem que ser grande porque vai cobrir boa parte do seu rosto até só os seus olhos ficarem de fora. Você também pode comprar um golão (aquele cachecol que já vem fechado) apelido dado pela Jô que, numas férias aqui comigo, achou incrível uma gola que as mulheres usavam e ficavam super chiques. A diferença é que a gente usa, mas não fica chique. A gente fica parecendo um esquimó.

Onde compra em Berlim:

Se você tem dinheiro: Nas lojas especiais de roupas de inverno, como a North Face. Elas são incríveis tem ate geladeiras onde você entra para testar o seu casaco. Eles custam entre 300 e 500 euros. Mas se você tem dinheiro…

Vá lá: www.thenorthface.de

northface.jpeg

Se você não tem muito dinheiro: Na Tk Maxx e na Uniqlo. A TK Maxx é uma ponta de estoque gigante onde você encontra de um tudo: casacos de neve, de ski, óculos de grife, sapatos. Vale muito a pena. Mas tem que procurar ,caçar etc. O bom é que você compra por um preço ok coisas de qualidade. O quê? Eu ouvi Primark? Não, não nesse blog, gente! Não quero explorar chineses nem comprar roupas que vão durar dois dias. Tá. Às vezes eu compro, mas é em momentos de fraqueza onde eu não sou eu. A Uniqlo é uma espécie de H&M japonesa. Os brasileiros em férias amam essa loja. Tem coisas com preço ok e de todas as cores. Mas a qualidade não é lá essas coisas. As termais são bem boas.

Vá lá: www.uniqlo.com/Berlin‎ e www.tkmaxx.de

tkmaxx.jpeg

Se você  tem muito pouco dinheiro: na Humana, a rede de brechós gigantes da Alemanha. Tem vários pela cidade. Eles em geral tem quatro andares. Tem muita coisa e você tem que fuçar muito, mas meu sapato lindo de couro de 8 euros prova que vale a pena. Mesmo. Na Humanas você acha coisas tipo por 50 centavos. Juro, minha mãe comprou um casaco de inverno por esse preço!

Vá lá: www.humana-second-hand.de

humana

PS: Não é sempre que eu acho que o que escrevo é útil. Inclusive na maioria das vezes não é. Mas esse post é muito de utilidade pública mesmo. Se eu fosse você mandava agora para aquele amigo ou parente que está indo viajar para um lugar frio. Confie em mim. Com ele você não vai morrer. Não, não disse que você vai ficar bonito!

3 comentários Adicione o seu

  1. Ricardo disse:

    Eu escorreguei uma vez em uma esquina, em um gelo “invisível”, e caí de frente, de peito, em um hidrante. E o sobretudo de brechó incrível, quente e baratinho, rasgou uns 30 centímetros. #atéhojenãoseiquantascostelasquebraram

    Curtido por 1 pessoa

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s