Manual do turista legal em Berlim

berlin turista

 

A primavera está chegando (ebaaaaaaa), a temperatura já passou dos 10 graus e logo Berlim vai ser invadida por turistas. Sim, talvez você seja um deles, como eu já fui. Não há nada de errado em ser turista! Contrário. Eu abri um negócio inclusive para brasileiros turistas em Berlim (venham, venham), faço esse blog e tenho como uma das missões na vida fazer as pessoas se apaixonarem por Berlim.

Agora, sim, tem muita gente em Berlim que odeia turista. Ver escrito em uma parede algo do tipo: “tourist, go home” é normal. Radicalismo? Sim! Mas com motivo. Desde que Berlim virou uma das cidades mais visitadas do mundo e ganhou fama  de ser uma cidade moderna, cheia de gente louca e de clubes, muita gente vem para cá e perde a noção. Você quer vir para Berlim. Mas você não quer ser essa pessoa, certo?

Afinal, você ama Berlim, você quer que Berlim te ame  (acredite, quando Berlim te ama coisas incríveis acontecem) E ntão, você não quer ser “mais um turista chato que está acabando com a cidade”. Para isso:

 1-Não alugue um apartamento inteiro pelo Airbnb

Você estará sendo contra a lei. Sim, a lei proíbe que apartamentos inteiros sejam alugados e você pode entender o porquê lendo aqui. Você pode alugar um quarto e só. Tudo isso é para evitar a gentrificação, que faz com que os aluguéis disparem e que os moradores fiquem sem ter onde morar. Você quer ser essa pessoa que prejudica os berlinenses? “Ah, mas eu queria uma casinha para viver como local”. Você não é local, você pode até se tornar, mas para isso você vai ter que se mudar para Berlim. Aceita. Sua viagem vai ser maravilhosa do mesmo jeito.

2-Não grite alto na rua de madrugada!!!!!!!!

Sim, Berlim tem um monte de clube. Sim, você está loucão voltando do Berghain (o clube mais famoso de Berlim etc etc etc) e feliz porque não foi barrado. Ótimo. Mas em Berlim moram pessoas. E elas trabalham, têm filho, acordam cedo. Ou seja, Berlim é uma cidade. E as pessoas de Berlim são pessoas como qualquer outras, que pagam boletos etc

3-Não tire foto das pessoas

Eu dando essa dica sou o próprio tosco falando para o esfarrapado. Isso porque eu tenho uma técnica especial de fotografar gente no metrô sem que a pessoa perceba. Mas escuta, como eu disse e repito, eu tenho uma técnica especial… que é tirar o som, fingir que tô olhando alguma coisa e… paf! Não faça isso se você não é discreto. Não fotografe um punk na cara dele. Não, não é que ele vá te bater.  Mas imagina você estar andando na rua onde mora há 20 anos e chegar um turista e te fotografar como se você fosse um animal de zôo? Você iria ficar com vontade de bater? Então, pois é…

4-Cuidado ao tirar fotos dos prédios e grafites

Sabe aquele prédio grafitado incrível? Pois tem pessoa que vive dentro. Então, de novo, tire a foto, mas seja rápido, não monte um aparato de fotografia sem pedir (se você pedir provavelmente vai levar não, então nem peça). Não entre em uma casa ocupada (squat, projeto) com uma máquina na mão. De novo, aquilo é a casa das pessoas. Se for um lugar turistico onde todo mundo está fotografando, tudo bem, né? Agora, se não, não. E se estiver escrito na parede: “tourists go home”, não magoe. Pense que não é com você, já que você é legal e não vai tratar as pessoas como animais ou alugar apartamentos e os deixar sem lugar para morar!

5-Não tire fotos de clubes ou bares sem autorização

Ainda sobre fotos (já vou acabar, juro). Em um bar ou clube, pergunte se pode fotografar. Em alguns é proibido. Mesmo. No Berghain (o mais famoso clube de Berlim blablablá) eles adesivam a câmera do seu celular e te dizem para não tirar). Se você fotografar em um lugar desses, você vai ser expulso. Se você quer testar como é ser expulso de um clube de Berlim já é problema seu e… Boa sorte!

6-Não ande na mão errada de bicicleta. E também não roube bicicleta!

Também ja escrevi sobre isso aqui, mas é sempre bom lembrar. Existem bicicletas para alugar em todos os hotéis de Berlim e tours de bicicleta. Mas a bicicleta é um meio de transporte sério. Você pode ser atropelado, atropelar alguém e, o básico, ser xingado. E se você é jovem, está muito louco depois da balada etc e ver uma bicicleta na rua com um cadeado barato, bem, não a roube! Porque estou falando isso? Porque como Berlim é uma cidade com fama de festa vida loka, tem gente que perde a noção. Gente, a bicicleta é de alguém. Só pegue se estiver escrito “Geschenke”, ou seja, presente. Nunca vi darem bicicleta de presente em Berlim. Mas como Berlim é Berlim, vai que a cidade te ama muito e você tem essa sorte?

De resto, é como diria o Criolo. Pode colar, mas sem arrastar. E isso vale para a vida! Venham!

1 comentário Adicione o seu

  1. marcia disse:

    Ah… Que delícia! Berlim, quero voltar!!!!

    Curtir

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s