O mito do amigo alemão

 

lola

“Não é possivel que você não tenha amigo alemão!” A minha amiga, brasileira que mora na França, chegou a quase gritar enquanto eu dizia que não, não tenho, eu juro, não tenho amigo alemão. E moro aqui faz mais de três anos. E não sei quando terei. E se terei.

Amigo alemão, aviso para quem pensa em morar na Alemanha, é uma fantasia. O amigo alemão é um mito, uma lenda urbana, uma loira do banheiro. Ok, eu até tenho amigos brasileiros que têm amigos alemães. Mas é aquela coisa, você ouve tipo lenda, como quando alguém te conta que é amigo de um pop star tipo o Michael Stipe.

Falando sério. Algumas pessoas que moram aqui faz mais de dez anos tem, sim, amigo alemão. Quem mora aqui faz 20 anos, em geral, tem até alguns. A gente, novato, não.

“Nina, mas você não dá chance!”, vocês dizem. Nem vem. Eu dou sim. Outro dia mesmo fui encontrar uma amiga do meu marido (ele é alemão e por isso tem amigos alemães). Eu gosto da mina. Acho que ela é bem legal. Mas…. Bem, eu tinha ficado o dia todo trabalhando em casa e estava acabada. Troquei de roupa para não me sentir tão péssima. E sabe o que ela me disse quando eu cheguei? “Nina, você já está preparada para o Natal?” Sim. Eu usava um pullover com uns brilhos e por isso fui chamada de árvore de natal. É engraçado, eu sei. Mas na hora doeu. Pensa se alguém da minha idade, punk de alma, quer estar parecendo natalina? “Ela não fez por mal”, dizem, alguns alemães só são muito sinceros. Pois que se dane. Não me venha com a sua sinceridade se ela serve para magoar pessoas.

Talvez seja o senso de humor deles, muito diferente do nosso. Talvez eles se assustem com o nosso tom de voz escandaloso, com a nossa expressividade e com aquilo tudo que eu não quero perder nunca. Pode ser que eles tenham medo da gente, como se empolgação pudesse matar pessoas. Não ligo.

Dizem que alemão tem poucos amigos no geral e os que têm são para o resto da vida. Legal. Bom para eles. Mas eu não sou assim.Nem serei. Como diz meu amigo Xico Sá, sou do projeto Roberto Carlos, eu tenho um milhão de amigos, para bem mais forte poder cantar.

Esse é um assunto polêmico entre os imigrantes. Tem um tipo (calma, não estou falando necessariamente de você) que se orgulha dos amigos alemães como se isso fosse um troféu. “Mas claro que eu tenho amigo alemão”, eles dizem, se sentindo super integrados a essa sociedade. Pois eu sou desintegrada. Gosto de um monte de gente. Mas amigo, amigo de verdade mesmo, não tenho. Acho que talvez nunca terei.

E não, eu não faço questão, aviso logo. Já tenho um milhão de amigos, tipo o Roberto, e a nacionalidade deles não importa. Não faço questão de amigo alemão assim como não faço questão de amigo paquistanês, curdo ou marciano. Mas eu também não tenho nada contra. Então, se um alemão um dia quiser ser meu amigo, pode vir! To na minha. Na moral. Mas para mim, pelo menos até agora, não é possível fazer amigos em alemão.

 

1 comentário Adicione o seu

  1. Soraia disse:

    Nos meus 6 anos de Viena tb nao tive nenhum amigo austriaco… Só uma amiga alema! hahahah Mas pq eu cheguei morando nesta republica em q ela morava, e ela é toda de familia russa. So nasceu na Alemanha. Levou uns bons anos pra me contar intimidades. No Brasa vc senta no metro do lado de alguem e já vira cumplice do filho fugitivo da senhora que esta escondido no Belém do Para mas n pode contar pra ninguem. kkkk Tentei ter amigos austriacos. AmigAs. Mas gente como a gente (q eu sei q a senhora é babado) incomoda. A gente tem muita personalidade, veste o q quer, come do jeito que quer (eu como com as maos sem dó), nao parece nem brasileira, nem europeia, nao se encaixa nem lá nem cá. É duro. Me lembro q numa tentativa em fazer amigAs austriacas (era um grupinho de minas do meu marido) elas me perguntaram “o q tanto esses gringos veem na gente brasileira”. E eu, mandando aquele sinceridade, afinal, eles nao falam tudo na lata sem rodeio? Disse “é q a gente gosta de dar o c…” Ficaram em choque. Ficaram ofendidas. Ué, eles nao falam tipo, tudo na sua cara, doa a quem doer? Eu descobri q eles podem falar, a gente nao. Como eu n gosto de nada de via unica, entao, desencanei. Quer saber? Nao fez falta. Mesmo pq em alemao a gente nao fala “aquenda” “bixa” “destruidora” “eque”… e nao existe amizade sem isso. Es tut mir leid.

    Curtir

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s